27 de abril de 2020

Mais da metade do país concorda com o impeachment de Bolsonaro

Para o comando da Polícia Federal, Jair Bolsonaro escolheu Alexandre Ramagem, nome de confiança que, com Carlos Bolsonaro, havia tentado montar uma espécie de “Abin paralela” dentro do Palácio do Planalto. Para a vaga que Sergio Moro deixou livre no Ministério da Justiça, o presidente sondou Ives Gandra Filho, e chegou a se decidir Jorge Oliveira, que atuava como secretário geral da Presidência da República, mas num passado recente chefiou o gabinete de Eduardo Bolsonaro. Contudo, vem prometendo surpresas, e o nome de André Mendonça, atual advogado-geral da União, corre por fora como alternativa.

Continuar lendo Mais da metade do país concorda com o impeachment de Bolsonaro
11 de maio de 2020

O Palácio do Planalto articulou projeto do juiz que salvou Bolsonaro da apresentação do exame

Em apenas 49 dias, um site com resultados do jogo do bicho exibiu exatos 319.092 anúncios pagos pelo governo Bolsonaro. Mas essa não é a primeira vez que o sobrenome da família presidencial divide o noticiário com o jogo de azar. Adriano da Nóbrega, miliciano morto em fevereiro cujas esposa e mãe recebiam salário do gabinete de Flávio Bolsonaro, trabalhava para um bicheiro quando, nos anos 2000, passou a receber elogios públicos do pai do senador.

Continuar lendo O Palácio do Planalto articulou projeto do juiz que salvou Bolsonaro da apresentação do exame
12 de maio de 2020

Contra impeachment, Bolsonaro topa até golpe militar

No último 22 de abril, o descobrimento do Brasil completou 520 anos. Mas, para a atual geração, trata-se da data em que Jair Bolsonaro cometeu a performance que tem tudo para custar-lhe a Presidência da República. Múltiplas fontes confirmaram a múltiplos veículos que o vídeo da reunião ministerial, aquele apontado por Sergio Moro como prova da interferência do chefe na Polícia Federal, é uma “bala de pratadevastadora.

Continuar lendo Contra impeachment, Bolsonaro topa até golpe militar
4 de junho de 2020

Jair Bolsonaro só tem uma agenda, e ela é golpista

Neste momento, Jair Bolsonaro possui apenas uma agenda: consolidar um golpe de Estado. Desde que o novo coronavírus chegou ao Brasil, o presidente da República não faz outra coisa além de preparar o terreno. O que implica blindar a família de investigações, aparelhar as forças policiais, espionar adversários, usar a lei contra os inimigos, armar as milícias governistas e, à base de muitas mentiras e sabotagens, provocar o conflito que daria luz a um Estado de exceção. Justamente por isso, a própria oposição tem pedido para que o público não compareça aos protestos marcados para o final de semana.

Continuar lendo Jair Bolsonaro só tem uma agenda, e ela é golpista
18 de junho de 2020

Jair Bolsonaro se embolando sem parar

Um dia após Jair Bolsonaro, em mais uma fala golpista, prometer que estaria “chegando a hora de colocar tudo em seu devido lugar”, o Ministério Público do Rio de Janeiro achou que havia chegado a hora de colocar Fabrício Queiroz na cadeia. No presídio de Bangu, o antigo “faz tudo” da família Bolsonaro há de ter mais dificuldade para obstruir as investigações sobre a organização criminosa que atuava no gabinete de Flávio Bolsonaro no Rio de Janeiro.

Continuar lendo Jair Bolsonaro se embolando sem parar