13 de março de 2020

Impeachment é pouco

A Itália acumulava mais de mil mortes pelo novo coronavírus quando Jair Bolsonaro, dois dias após fazer pouco caso da pandemia, surgiu no Brasil de máscara na transmissão que habitualmente apresenta às quintas-feiras. O presidente da República estava sendo testado para a covid-19. Instantes depois, Bolsonaro usou dois terços de um pronunciamento nas redes de rádio e televisão para dar satisfações aos militantes que convocavam uma manifestação golpista para o próximo domingo. Na fala, ignorando que jurava ser este um ato cívico a favor do Brasil, pediu seu adiamento argumentando que um “tremendo recado” tinha sido dado ao Congresso.

Continuar lendo Impeachment é pouco
30 de março de 2020

Pode morrer 12 vezes mais brasileiros com o modelo de Bolsonaro

Luiz Henrique Mandetta tentou emparedar Jair Bolsonaro. O ministro da Saúde perguntou se “estamos preparados para ver caminhões do Exército transportando corpos“; prometeu que, enquanto for ministro, irá contrariar qualquer ordem não baseada em dados técnicos; e sentenciou que os manifestantes que participarem de carreatas contra o confinamento entrarão em quarentena em até duas semanas. Ao mesmo tempo, faltou a uma reunião de 50 ministros da Saúde com a Organização Mundial de Saúde, e pagou pedágio ao chefe ao chamar de sórdida a imprensa, o que rendeu uma resposta firme do jornalismo da Rede Globo.

Continuar lendo Pode morrer 12 vezes mais brasileiros com o modelo de Bolsonaro
1 de abril de 2020

Um governo em que todo dia é dia da mentira

Pelo menos não falou do golpe“. Com estas palavras, a economista Elena Landau encontrou o que celebrar após o pronunciamento de Jair Bolsonaro desencadear o mais barulhento panelaço em quinze noites seguidas de protesto. Minutos depois, contudo, o presidente da República usava o Facebook para negar que o Brasil havia sofrido um autogolpe exatos 56 anos antes – o que só faz sentido na cabeça de quem tem rabo preso com a história.

Continuar lendo Um governo em que todo dia é dia da mentira
3 de abril de 2020

É possível derrotar a fábrica de mentiras de Bolsonaro

Acuado por semanas seguidas de panelaços, o gabinete do ódio tem trabalhado na potência máxima. No Twitter, mais da metade das mensagens favoráveis a Jair Bolsonaro são publicadas por robôs. O próprio presidente da República, como se não conhecesse as dificuldades do SUS, deu-se a dizer que desconhece no país qualquer hospital que esteja lotado. E, numa incômoda reincidência, a deputada federal Bia Kicis segue publicando notícias falsas de forma a beneficiar a narrativa presidencial.

Continuar lendo É possível derrotar a fábrica de mentiras de Bolsonaro
6 de abril de 2020

Adiar o impeachment de Bolsonaro é um luxo que não cabe ao Brasil

O mundo todo enfrenta duas crises: uma sanitária, em decorrência do avanço da covid-19, e uma econômica, em decorrência da crise sanitária. O Brasil, por sua vez, enfrenta três: uma sanitária, uma econômica e uma política. Com o agravante de que a política, levando a um número maior de óbitos, e a uma recessão ainda mais profunda, dificulta o enfrentamento das outras duas.

Continuar lendo Adiar o impeachment de Bolsonaro é um luxo que não cabe ao Brasil