8 de abril de 2020

Bolsonaro, um presidente focado em atrapalhar o próprio governo

Na segunda-feira, a revista Veja publicou que, para forjar um cenário que justifique a demissão de Luiz Henrique Mandetta, Jair Bolsonaroliberou o núcleo ideológico vinculado ao chamado gabinete do ódio a vasculhar o passado do ministro de modo a identificar supostos pecados“. Por isso, não causou espanto quando, ontem, o Jornal Nacional reservou 77 segundos para o ministro da Saúde “condenar a enxurrada de fake news nas redes sociais sobre a doença e a atuação do Ministério da Saúde“.

Continuar lendo Bolsonaro, um presidente focado em atrapalhar o próprio governo
9 de junho de 2020

O gabinete do ódio é o que mais tolhe a liberdade de expressão no Brasil

Durante a maior crise sanitária em um século, o Congresso brasileiro se vê obrigado a votar uma lei delicadíssima que, se mal calculada, pode trazer prejuízo à liberdade de expressão na web. E tudo isso se faz necessário por culpa de Jair Bolsonaro. Porque o presidente da República levou para o Palácio do Planalto a máquina de linchamentos virtuais que o elegeu. Tocada por ex-assessores de Carlos Bolsonaro, ela viria a ser apelidada de “gabinete do ódio“.

Continuar lendo O gabinete do ódio é o que mais tolhe a liberdade de expressão no Brasil
29 de junho de 2020

Paulo Guedes colabora para que “liberal” volte a ser xingamento

O Brasil terminou 2019 com dez entre dez “especialistas” celebrando o que tratavam como o início de um novo ciclo virtuoso da economia. O otimismo nascia da aprovação em outubro da reforma da Previdência, uma pauta que se arrastava por longos vinte anos. Só em março, contudo, a realidade se impôs: o Produto Interno Bruto havia crescido no primeiro ano do governo Bolsonaro o mesmo 1,1% conquistado pelo governo Temer nos dois últimos anos de gestão.

Continuar lendo Paulo Guedes colabora para que “liberal” volte a ser xingamento