11 de maio de 2020

O Palácio do Planalto articulou projeto do juiz que salvou Bolsonaro da apresentação do exame

Em apenas 49 dias, um site com resultados do jogo do bicho exibiu exatos 319.092 anúncios pagos pelo governo Bolsonaro. Mas essa não é a primeira vez que o sobrenome da família presidencial divide o noticiário com o jogo de azar. Adriano da Nóbrega, miliciano morto em fevereiro cujas esposa e mãe recebiam salário do gabinete de Flávio Bolsonaro, trabalhava para um bicheiro quando, nos anos 2000, passou a receber elogios públicos do pai do senador.

Continuar lendo O Palácio do Planalto articulou projeto do juiz que salvou Bolsonaro da apresentação do exame
4 de junho de 2020

Jair Bolsonaro só tem uma agenda, e ela é golpista

Neste momento, Jair Bolsonaro possui apenas uma agenda: consolidar um golpe de Estado. Desde que o novo coronavírus chegou ao Brasil, o presidente da República não faz outra coisa além de preparar o terreno. O que implica blindar a família de investigações, aparelhar as forças policiais, espionar adversários, usar a lei contra os inimigos, armar as milícias governistas e, à base de muitas mentiras e sabotagens, provocar o conflito que daria luz a um Estado de exceção. Justamente por isso, a própria oposição tem pedido para que o público não compareça aos protestos marcados para o final de semana.

Continuar lendo Jair Bolsonaro só tem uma agenda, e ela é golpista
15 de junho de 2020

Mesmo com “bombardeio” no STF, o pior veio do ministro da Justiça

No dia em que o Brasil superou as 40 mil mortes por covid-19, Jair Bolsonaro usou as redes sociais para incitar a invasão de hospitais de campanha da parte dos próprios apoiadores. Desde então, estruturas do tipo foram atacadas por bolsolavistas no Rio de Janeiro, no Ceará, e no Espírito Santo.

Continuar lendo Mesmo com “bombardeio” no STF, o pior veio do ministro da Justiça
16 de junho de 2020

É preciso conter com urgência o neotenentismo bolsolavista

Entre 4 e 14 de fevereiro de 2017, o Espírito Santo foi vítima de um motim da Polícia Militar. Nos onze dias da greve criminosa, 181 capixabas foram mortos. Na logística da paralisação, operava um grupo político ligado ao então deputado Jair Bolsonaro, que os apoiava nas redes sociais.

Continuar lendo É preciso conter com urgência o neotenentismo bolsolavista
23 de junho de 2020

Governo Bolsonaro: o começo do fim?

Nem passa pela minha cabeça. O nosso presidente se chama Jair Bolsonaro, seu primeiro governo vai até 2022. E, se o povo brasileiro assim o quiser, ele prossegue até 2026“. As aspas partiram de Hamilton Mourão ao responder se estava preparado para eventualmente assumir a Presidência da República. O mais estranho, contudo, é o vice-presidente precisar oferecer esse tipo de garantia num governo que ainda não completou um ano e meio de mandato.

Continuar lendo Governo Bolsonaro: o começo do fim?