22 de abril de 2020

Para se blindar do impeachment, Bolsonaro aderiu ao “toma lá, dá cá” que tanto criticava

No domingo, dia 19, Jair Bolsonaro protagonizou um discurso golpista em Brasília. Na terça, dia 21, o Datafolha percebeu que, em decorrência da distribuição de R$ 600 como auxílio emergencial, aquele que Carlos Bolsonaro chamou de socialista, a avaliação do presidente não vem sofrendo grandes estragos. Em outras palavras, ficou claro que, com dinheiro no bolso, a democracia que lute.

Continuar lendo Para se blindar do impeachment, Bolsonaro aderiu ao “toma lá, dá cá” que tanto criticava
27 de abril de 2020

Mais da metade do país concorda com o impeachment de Bolsonaro

Para o comando da Polícia Federal, Jair Bolsonaro escolheu Alexandre Ramagem, nome de confiança que, com Carlos Bolsonaro, havia tentado montar uma espécie de “Abin paralela” dentro do Palácio do Planalto. Para a vaga que Sergio Moro deixou livre no Ministério da Justiça, o presidente sondou Ives Gandra Filho, e chegou a se decidir Jorge Oliveira, que atuava como secretário geral da Presidência da República, mas num passado recente chefiou o gabinete de Eduardo Bolsonaro. Contudo, vem prometendo surpresas, e o nome de André Mendonça, atual advogado-geral da União, corre por fora como alternativa.

Continuar lendo Mais da metade do país concorda com o impeachment de Bolsonaro
15 de maio de 2020

O que fez Nelson Teich, ministro da Saúde, pedir demissão

Ainda ontem, Jair Bolsonaro garantia a um grupo de empresários que não tinha problemas com Nelson Teich. Mas que, por ordem do presidente da República, o Ministério da Saúde iria alterar o protocolo para que a cloroquina fosse utilizada também em pacientes com sintomas leves de covid-19. O ministro, no entanto, ouviu de todos os hospitais consultados que não era recomendado o uso de medicamento tão complicado nos casos mais simples da doença. Diante da instransigência do chefe, Teich pediu demissão quatro semanas após assumir a pasta — o que voltou a provocar panelaços.

Continuar lendo O que fez Nelson Teich, ministro da Saúde, pedir demissão