2 de junho de 2020

Jair Bolsonaro conseguiu as 30 mil mortes, falta a guerra civil

Em 1999, Jair Bolsonaro concedeu uma polêmica entrevista ao programa “Câmera Aberta”, da Band. De uma longa sequência de absurdos, ficou na memória o trecho no qual diz que o país só melhoraria “quando nós partirmos para uma guerra civil aqui dentro, e fazendo o trabalho que o regime militar não fez, matando uns 30 mil“. Depois de citar o ainda presidente Fernando Henrique Cardoso como o primeiro a ser executado, o deputado federal acrescentou: “se vai morrer alguns inocentes, tudo bem, tudo quanto é guerra morre inocente“.

Continuar lendo Jair Bolsonaro conseguiu as 30 mil mortes, falta a guerra civil
15 de junho de 2020

Mesmo com “bombardeio” no STF, o pior veio do ministro da Justiça

No dia em que o Brasil superou as 40 mil mortes por covid-19, Jair Bolsonaro usou as redes sociais para incitar a invasão de hospitais de campanha da parte dos próprios apoiadores. Desde então, estruturas do tipo foram atacadas por bolsolavistas no Rio de Janeiro, no Ceará, e no Espírito Santo.

Continuar lendo Mesmo com “bombardeio” no STF, o pior veio do ministro da Justiça
24 de junho de 2020

O momento em que Jair Bolsonaro virou um fenômeno eleitoral

Há um mês, Jair Bolsonaro aproveitou o “quebra-queixo” na saída da residência oficial para prometer que só voltaria a falar com os repórteres quando, na ótica turva dele, passassem a “falar a verdade“. Foi a senha para que os bolsolavistas que diariamente bajulam o presidente da República levassem os ataques contra a imprensa ao limite da agressão física.

Continuar lendo O momento em que Jair Bolsonaro virou um fenômeno eleitoral