10 de março de 2020

Bolsonaro não pôs em dúvida a eleição de 2018, mas a de 2022

Ontem, com a bolsa de valores vivendo a maior turbulência em 21 anos, o dólar quebrando mais um recorde nominal, a Itália somando 463 mortos em decorrência do covid-19, e o Brasil confirmando o 25º caso de um surto de novo coronavírus que se iniciou justamente de brasileiros que visitaram a Itália, o presidente da República, sem apresentar as provas que alegava ter, disse nos Estados Unidos que a eleição que o colocou no comando do país fora fraudada de forma a confirmar apenas no segundo turno uma vitória que teria ocorrido ainda no primeiro. Sim, é de acabar o fôlego.

Continuar lendo Bolsonaro não pôs em dúvida a eleição de 2018, mas a de 2022