08.04.2020 - Brasília/DF - Pronunciamento do Presidente da República, Jair Bolsonaro em Rede Nacional de Rádio e Televisão. Foto: Carolina Antunes/PR
9 de abril de 2020 | Por Marlos Ápyus

Escutem os especialistas, ignorem os idiotas

Em meados dos anos 1950, sem o mesmo rigor trabalhado atualmente, a indústria farmacêutica estava certa de que era seguro receitar talidomida para grávidas não mais sentirem enjoos matinais. Após 8 anos, com 46 países comercializando o produto, o sedativo foi retirado de circulação. Até 1962, mais de 10 mil bebês tinham nascido com má formação nas pernas e braços em decorrência do uso da droga. Na época, como o FDA exigiu testes mais firmes, os Estados Unidos escaparam da tragédia. Mas Alemanha, Reino Unido, Austrália e Brasil vivenciaram o drama. Desde então, o caso é exemplo da necessidade dos devidos testes de laboratório antes de uma medicação ser lançada no mercado.

Continuar lendo Escutem os especialistas, ignorem os idiotas
15.04.2020 - Brasilia/DF - O secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson Kleber de Oliveira, e o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, durante a coletiva de imprensa sobre à infecção pelo novo coronavírus. Foto Marcelo Casal Jr. / Agencia Brasil.
16 de abril de 2020 | Por Marlos Ápyus

Por puro egoísmo, Bolsonaro demitiu o ministro mais necessário

Minutos após a confirmação de 596 mortes por covid-19 em apenas três dias, a queda de braço chegou ao fim: Jair Bolsonaro demitiu o ministro da Saúde. De imediato, panelaços foram ouvidos em diversas localidades do Brasil. Se a queda de Luiz Henrique Mandetta era desejo antigo do presidente da República, o próprio ministro vinha cavando a demissão desde sábado, quando, em visita às obras de um hospital de campanha em Goiás, o chefe se deu a provocar o auxiliar criminosamente se entregando a aglomerações. “São 60 dias nessa batalha. Isso cansa“, reclamou o demitido ainda ontem em entrevista.

Continuar lendo Por puro egoísmo, Bolsonaro demitiu o ministro mais necessário
12.02.2020 - Brasília/DF - Ministro da justiça Sergio Moro durante audiência para discutir prisão na segunda instância na câmara. Foto: Lula Marques
23 de abril de 2020 | Por Marlos Ápyus

Entre tirania e corrupção, escolheram tirania, e terão corrupção

Um dia após prometer gordas fatias do governo ao que há de mais questionável no centrão, Jair Bolsonaro avisou a Sergio Moro que, na semana que vem, irá retirar Maurício Valeixo do comando da Polícia Federal. Ainda ontem, o presidente da República conversou com o governador Ibaneis Rocha sobre a possibilidade de Anderson Torres, secretário de Segurança do Distrito Federal, assumir a vaga.

Continuar lendo Entre tirania e corrupção, escolheram tirania, e terão corrupção
24.04.2020 - Brasília/DF - Pronunciamento do Presidente da República, Jair Bolsonaro depois da demissão do ministro Sergio Moro. Foto: Carolina Antunes/PR
24 de abril de 2020 | Por Marlos Ápyus

Há uma palavra que define quem atrapalha investigações: corrupto

Os investigadores tinham avançado de tal forma que estavam convictos de que Carlos Bolsonaro não só coordenava os ataques ao Congresso e ao STF, como tinha participação na manifestação golpista da qual Jair Bolsonaro participou no domingo passado. O inquérito aberto pelo Supremo também tinha notado a participação de Daniel Silveira e Cabo Junio Amaral, ambos deputados federais bolsolavistas. Foi quando, segundo integrantes da Justiça e da própria PF, o presidente da República buscou interferir no trabalho. Mesmo assim, o dia de ontem fechou com um recuo tático: Sergio Moro decidiu seguir no Ministério da Justiça mediante a promessa de que Maurício Valeixo continuaria comandando a Polícia Federal.

Continuar lendo Há uma palavra que define quem atrapalha investigações: corrupto
24.04.2020 - Brasília/DF - Pronunciamento do Presidente da República, Jair Bolsonaro. Foto: Carolina Antunes/PR
27 de abril de 2020 | Por Marlos Ápyus

Mais da metade do país concorda com o impeachment de Bolsonaro

Para o comando da Polícia Federal, Jair Bolsonaro escolheu Alexandre Ramagem, nome de confiança que, com Carlos Bolsonaro, havia tentado montar uma espécie de “Abin paralela” dentro do Palácio do Planalto. Para a vaga que Sergio Moro deixou livre no Ministério da Justiça, o presidente sondou Ives Gandra Filho, e chegou a se decidir Jorge Oliveira, que atuava como secretário geral da Presidência da República, mas num passado recente chefiou o gabinete de Eduardo Bolsonaro. Contudo, vem prometendo surpresas, e o nome de André Mendonça, atual advogado-geral da União, corre por fora como alternativa.

Continuar lendo Mais da metade do país concorda com o impeachment de Bolsonaro
28.04.2020 - Brasília/DF Foto: Jose Cruz/Agencia Brasil
28 de abril de 2020 | Por Marlos Ápyus

Ministério da Justiça: sai aliado da Lava Jato, entra aliado de Dias Toffoli

Na quinta, dia 23, o perfil oficial de Lula publicou no Twitter que “é preciso começar o Fora Bolsonaro“. Contudo, no domingo, veio a notícia de que o ex-presidente “participou de uma reunião com a executiva nacional do partido na qual ficou decidido que a legenda não entraria isoladamente com um pedido de impeachment“. Também no domingo, argumentando que se tratava de “mera coincidência“, o advogado de Flávio Bolsonaro se encontrou com Jair Bolsonaro, mas negou que estivesse interferindo na definição do novo ministro da Justiça.

Continuar lendo Ministério da Justiça: sai aliado da Lava Jato, entra aliado de Dias Toffoli
15.03.2020 – Brasília/DF – O presidente Jair Bolsonaro acompanhou, da área externa do Palácio do Planalto, a manifestação golpista de apoio ao seu governo. Foto: José Cruz/Agência Brasil.
8 de maio de 2020 | Por Marlos Ápyus

Com quase 10 mil mortos por covid-19, Bolsonaro agenda churrasco

Desde o Natal do ano passado, o perfil de Eduardo Villa Bôas no Twitter foi atualizado por apenas onze oportunidades. É compreensível, uma vez que ex-comandante do Exército sofre de esclerose lateral amiotrófica em estágio avançado. Há pouco mais de mês, contudo, o general havia se pronunciando em concordância com a narrativa presidencial de que é preciso acabar com o isolamento social. Hoje, publicou nota sobre a entrevista concedida por Regina Duarte.

Continuar lendo Com quase 10 mil mortos por covid-19, Bolsonaro agenda churrasco