11.03.020 - Brasilia/DF - O presidente Jair Bolsonaro em pronunciamento sobre covid-19. Foto: Alan Santos/PR
12 de maio de 2020 | Por Marlos Ápyus

Contra impeachment, Bolsonaro topa até golpe militar

No último 22 de abril, o descobrimento do Brasil completou 520 anos. Mas, para a atual geração, trata-se da data em que Jair Bolsonaro cometeu a performance que tem tudo para custar-lhe a Presidência da República. Múltiplas fontes confirmaram a múltiplos veículos que o vídeo da reunião ministerial, aquele apontado por Sergio Moro como prova da interferência do chefe na Polícia Federal, é uma “bala de pratadevastadora.

Continuar lendo Contra impeachment, Bolsonaro topa até golpe militar
15.05.2020 - Brasilia/DF - O ministro Nelson Teich durante pronunciamento sobre a sua demissão do ministerio da Saúde. Foto: Erasmo Salomão/MS
15 de maio de 2020 | Por Marlos Ápyus

O que fez Nelson Teich, ministro da Saúde, pedir demissão

Ainda ontem, Jair Bolsonaro garantia a um grupo de empresários que não tinha problemas com Nelson Teich. Mas que, por ordem do presidente da República, o Ministério da Saúde iria alterar o protocolo para que a cloroquina fosse utilizada também em pacientes com sintomas leves de covid-19. O ministro, no entanto, ouviu de todos os hospitais consultados que não era recomendado o uso de medicamento tão complicado nos casos mais simples da doença. Diante da instransigência do chefe, Teich pediu demissão quatro semanas após assumir a pasta — o que voltou a provocar panelaços.

Continuar lendo O que fez Nelson Teich, ministro da Saúde, pedir demissão
20.05.2020 - Brasília/DF - O presidente Jair Bolsonaro durante videoconferência com Governadores dos Estados. Foto: Marcos Corrêa/PR
25 de maio de 2020 | Por Marlos Ápyus

Jair Bolsonaro há muito abandonou o combate à corrupção

Em entrevista ao Fantástico, Sergio Moro confirmou o que está evidente desde meados de 2019: Jair Bolsonaro há muito abandonou a principal bandeira de campanha, o combate à corrupção. O delegado Waldir, que chegou a liderar a bancada do PSL na Câmara Federal, foi ainda mais claro, garantindo que o presidente da República “trabalhou para impedir a prisão em segunda instância” e “ajudou a colocar o Lula em liberdade”.

Continuar lendo Jair Bolsonaro há muito abandonou o combate à corrupção
15.05.2020 - Brasília/DF - Presidente Jair Bolsonaro e a primeira dama durante Lançamento da Campanha de Conscientização e Enfrentamento à Violência Doméstica. Foto: Marcos Corrêa/PR
2 de junho de 2020 | Por Marlos Ápyus

Jair Bolsonaro conseguiu as 30 mil mortes, falta a guerra civil

Em 1999, Jair Bolsonaro concedeu uma polêmica entrevista ao programa “Câmera Aberta”, da Band. De uma longa sequência de absurdos, ficou na memória o trecho no qual diz que o país só melhoraria “quando nós partirmos para uma guerra civil aqui dentro, e fazendo o trabalho que o regime militar não fez, matando uns 30 mil“. Depois de citar o ainda presidente Fernando Henrique Cardoso como o primeiro a ser executado, o deputado federal acrescentou: “se vai morrer alguns inocentes, tudo bem, tudo quanto é guerra morre inocente“.

Continuar lendo Jair Bolsonaro conseguiu as 30 mil mortes, falta a guerra civil
08.07.2020 - Brasilia/DF - Jair Bolsonaro toma café após anunciar que estava com covid-19. Foto: RS.
17 de julho de 2020 | Por Marlos Ápyus

O que o governo de Jair Bolsonaro não quer que você saiba

Lucas Furtado pediu o afastamento de Fabio Wajngarten ao Tribunal de Contas da União. O subprocurador-geral do Ministério Público concordou que o secretário de Comunicação da Presidência da República descumprira a decisão da Controladoria-Geral da União. Em fevereiro, a CGU tinha dado dois meses para que fossem divulgados detalhes de campanhas virtuais veiculadas entre janeiro e novembro de 2019. Mas a SECOM liberou dados referentes a apenas 38 dias entre junho e julho, e ainda negou-se a atender um pedido de O Globo via Lei de Acesso à Informação.

Continuar lendo O que o governo de Jair Bolsonaro não quer que você saiba
09.11.2016 - Brasília/DF - Conselho de Ética rejeita processo contra o deputado Jair Bolsonaro, por elogiar Brilhante Ustra. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil.
27 de julho de 2020 | Por Marlos Ápyus

A conivência das redes com as milícias digitais de Jair Bolsonaro

No 24 de julho de 2020, por determinação de Alexandre de Moraes, perfis de 16 bolsolavistas foram bloqueados no Twitter e Facebook. Segundo o ministro do Supremo Tribunal Federal, a medida seria necessária para que tais canais não mais fossem utilizados “como instrumento de condutas criminosas apuradas nestes autos“.

Continuar lendo A conivência das redes com as milícias digitais de Jair Bolsonaro