19.02.2020 – Deputado Eduardo Bolsonaro faz gesto de banana no plenário da Câmara. Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados
6 de março de 2020 | Por Marlos Ápyus

Tudo por um pibinho

Desculpa não faltou. Paulo Guedes argumentou que o Brasil já tinha praticamente estagnado entre os governos Temer e Bolsonaro. Embanando-se com a própria narrativa de que um dólar alto seria positivo para o país, disse que a moeda americana só superaria os cinco reais caso o governo fizesse “muita besteira“. E, como não poderia deixar de ser, culpou a imprensa por mais uma cotação nominal recorde – o que carece de lógica.

Continuar lendo Tudo por um pibinho
13.03.2020 - Brasília/DF - Jair Bolsonaro cumprimenta populares no Palácio da Alvorada.
30 de março de 2020 | Por Marlos Ápyus

Pode morrer 12 vezes mais brasileiros com o modelo de Bolsonaro

Luiz Henrique Mandetta tentou emparedar Jair Bolsonaro. O ministro da Saúde perguntou se “estamos preparados para ver caminhões do Exército transportando corpos“; prometeu que, enquanto for ministro, irá contrariar qualquer ordem não baseada em dados técnicos; e sentenciou que os manifestantes que participarem de carreatas contra o confinamento entrarão em quarentena em até duas semanas. Ao mesmo tempo, faltou a uma reunião de 50 ministros da Saúde com a Organização Mundial de Saúde, e pagou pedágio ao chefe ao chamar de sórdida a imprensa, o que rendeu uma resposta firme do jornalismo da Rede Globo.

Continuar lendo Pode morrer 12 vezes mais brasileiros com o modelo de Bolsonaro
20.03.2020 - Brasília/DF - Presidente da República, Jair Bolsonaro e Ministros de Estado participam de videoconferência com representantes da Iniciativa Privada. Foto: Isac Nóbrega/PR.
6 de abril de 2020 | Por Marlos Ápyus

Adiar o impeachment de Bolsonaro é um luxo que não cabe ao Brasil

O mundo todo enfrenta duas crises: uma sanitária, em decorrência do avanço da covid-19, e uma econômica, em decorrência da crise sanitária. O Brasil, por sua vez, enfrenta três: uma sanitária, uma econômica e uma política. Com o agravante de que a política, levando a um número maior de óbitos, e a uma recessão ainda mais profunda, dificulta o enfrentamento das outras duas.

Continuar lendo Adiar o impeachment de Bolsonaro é um luxo que não cabe ao Brasil
02.04.2020 - Brasília/DF - O ministro da Casa Civil, Walter Braga Netto, participa de coletiva de imprensa no Palácio do Planalto sobre as ações de enfrentamento ao covid-19 no país. Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil.
7 de abril de 2020 | Por Marlos Ápyus

Na prática, Bolsonaro sofreu uma intervenção militar

A notícia de que Jair Bolsonaro se decidira pela demissão do ministro da Saúde foi recebida nas redes sociais com cautela. Afinal, havia o risco de tudo não passar de uma mentira disseminada com o objetivo de humilhar a imprensa, uma jogada manjada do manual de Steve Bannon. Mas o terceiro ato não se concretizou, e o presidente da República não veio a público chamar de “fake news” as informações sobre a substituição de Luiz Henrique Mandetta por Osmar Terra.

Continuar lendo Na prática, Bolsonaro sofreu uma intervenção militar
23.03.2020 - Brasília/DF - Presidente Jair Bolsonaro durante declaração à imprensa. Foto: Isac Nóbrega/PR.
8 de abril de 2020 | Por Marlos Ápyus

Bolsonaro, um presidente focado em atrapalhar o próprio governo

Na segunda-feira, a revista Veja publicou que, para forjar um cenário que justifique a demissão de Luiz Henrique Mandetta, Jair Bolsonaroliberou o núcleo ideológico vinculado ao chamado gabinete do ódio a vasculhar o passado do ministro de modo a identificar supostos pecados“. Por isso, não causou espanto quando, ontem, o Jornal Nacional reservou 77 segundos para o ministro da Saúde “condenar a enxurrada de fake news nas redes sociais sobre a doença e a atuação do Ministério da Saúde“.

Continuar lendo Bolsonaro, um presidente focado em atrapalhar o próprio governo
08.04.2020 - Brasília/DF - Pronunciamento do Presidente da República, Jair Bolsonaro em Rede Nacional de Rádio e Televisão. Foto: Carolina Antunes/PR
9 de abril de 2020 | Por Marlos Ápyus

Escutem os especialistas, ignorem os idiotas

Em meados dos anos 1950, sem o mesmo rigor trabalhado atualmente, a indústria farmacêutica estava certa de que era seguro receitar talidomida para grávidas não mais sentirem enjoos matinais. Após 8 anos, com 46 países comercializando o produto, o sedativo foi retirado de circulação. Até 1962, mais de 10 mil bebês tinham nascido com má formação nas pernas e braços em decorrência do uso da droga. Na época, como o FDA exigiu testes mais firmes, os Estados Unidos escaparam da tragédia. Mas Alemanha, Reino Unido, Austrália e Brasil vivenciaram o drama. Desde então, o caso é exemplo da necessidade dos devidos testes de laboratório antes de uma medicação ser lançada no mercado.

Continuar lendo Escutem os especialistas, ignorem os idiotas
07.04.2020 - Brasília/DF - O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, participa de coletiva de imprensa no Palácio do Planalto, sobre as ações de enfrentamento ao covid-19 no país. Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil.
14 de abril de 2020 | Por Marlos Ápyus

É um erro apostar em acertos de Bolsonaro

Passadas 48 horas, ficou ainda mais nítido que a entrevista de Luiz Henrique Mandetta no último domingo foi uma forma de forçar a própria demissão, algo que ele nega. No cálculo equivocado do ministro da Saúde, a queda dele faria com que milagrosamente Jair Bolsonaro se tornasse a pessoa responsável que não foi por 65 anos de vida.

Continuar lendo É um erro apostar em acertos de Bolsonaro