11.04.2020 - São Paulo/SP. Carreata contra quarentena na avenida Paulista. Foto: Roberto Parizotti/FotosPublicas
13 de abril de 2020 | Por Marlos Ápyus

Governistas fizeram da Páscoa uma micareta com caixões

Coincidiu de o Brasil superar oficialmente a milésima morte por covid-19 na Sexta-feira Santa. Por causa do atraso no resultado dos exames, o feito pode ter ocorrido quatro dias antes, o que só trazia mais preocupação àquele 10 de abril. Afinal, entre as 15 nações mais atingidas pelo novo coronavírus, o Brasil é a que menos testa seus cidadãos. Mas, para Jair Bolsonaro, nada disso importava.

Continuar lendo Governistas fizeram da Páscoa uma micareta com caixões
30.04.2020 - Porto Alegre/RS - Jair Bolsonaro durante visita ao Centro de Operações de combate ao COVID-19 do Comando Militar do Sul. Foto: Marcos Corrêa/PR
30 de abril de 2020 | Por Marlos Ápyus

A Justiça cerca Bolsonaro e aliados por ao menos seis frentes

Só hoje noticiaram que, ainda em 27 de março, Jair Bolsonaro estimulou uma carreata contra a quarentena em Manaus, primeira cidade brasileira onde o sistema de saúde entraria em colapso por causa da covid-19. Na época, a doença já havia feito 321 vítimas fatais no Brasil. De lá para cá, também chamou atenção a situação de Blumenau. Atendendo a determinação feita 9 dias antes por Carlos Moisés, governador eleito pelo mesmo PSL que já abrigou o presidente da República, os shoppings reabriram no dia 22 de abril. Seis dias depois, crescia em 98% os casos de novo coronavírus na cidade catarinense.

Continuar lendo A Justiça cerca Bolsonaro e aliados por ao menos seis frentes
09.11.2016 - Brasília/DF - Conselho de Ética rejeita processo contra o deputado Jair Bolsonaro, por elogiar Brilhante Ustra. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil.
27 de julho de 2020 | Por Marlos Ápyus

A conivência das redes com as milícias digitais de Jair Bolsonaro

No 24 de julho de 2020, por determinação de Alexandre de Moraes, perfis de 16 bolsolavistas foram bloqueados no Twitter e Facebook. Segundo o ministro do Supremo Tribunal Federal, a medida seria necessária para que tais canais não mais fossem utilizados “como instrumento de condutas criminosas apuradas nestes autos“.

Continuar lendo A conivência das redes com as milícias digitais de Jair Bolsonaro