24.04.2020 - Brasília/DF - Encontro com Deputado Vitor Hugo (PSL/GO), Líder do Governo na Câmara dos Deputados e deputados no Palácio da Alvorada. Foto: Marcos Corrêa/PR
29 de abril de 2020 | Por Marlos Ápyus

A conta dos óbitos por covid-19 já está no colo de Bolsonaro

Jair Bolsonaro estava confiante no sucesso da nomeação de Alexandre Ramagem, homem indicado por Carlos Bolsonaro para o comando da Polícia Federal. O presidente da República já adiantava que seria reaberta a investigação sobre o atentado que sofreu na eleição de 2018. Eduardo Bolsonaro, com o testemunho de uma entidade que para ele fez campanha, garantia que a corporação não sofria interferência política. E a esposa do nomeado colecionava ataques a João Doria e Rodrigo Maia nas redes sociais. Mas os bolsolavistas não contavam com a astúcia de Alexandre de Moraes.

Continuar lendo A conta dos óbitos por covid-19 já está no colo de Bolsonaro
30.04.2020 - Porto Alegre/RS - Sem máscara, o Presidente da República Jair Bolsonaro e o vice durante Solenidade de transmissão do cargo de Comandante Militar do Sul. Foto: Marcos Corrêa/PR
4 de maio de 2020 | Por Marlos Ápyus

Bolsonaro interferiu na PF exatamente como Moro alertou

Ainda que contasse com o apoio de Dias Toffoli, o cerco ao governo Bolsonaro não dava descanso nem no feriadão. No sábado, contrariando o Itamaraty, Luís Roberto Barroso suspendeu a expulsão de diplomatas venezuelanos. Nas redes sociais, a imprensa lembrava a paródia cantada na campanha de 2018 por Augusto Heleno contra o mesmo centrão que hoje Jair Bolsonaro compra com cargos públicos. E, após uma plantonista suspender por 5 dias a decisão que obrigava o presidente da República a exibir o laudo comprovando que jamais teve covid-19, o presidente do TRF-3 negou o recurso da Advocacia-Geral da União contra a divulgação dos exames.

Continuar lendo Bolsonaro interferiu na PF exatamente como Moro alertou
15.03.2020 – Brasília/DF – O presidente Jair Bolsonaro acompanhou, da área externa do Palácio do Planalto, a manifestação golpista de apoio ao seu governo. Foto: José Cruz/Agência Brasil.
8 de maio de 2020 | Por Marlos Ápyus

Com quase 10 mil mortos por covid-19, Bolsonaro agenda churrasco

Desde o Natal do ano passado, o perfil de Eduardo Villa Bôas no Twitter foi atualizado por apenas onze oportunidades. É compreensível, uma vez que ex-comandante do Exército sofre de esclerose lateral amiotrófica em estágio avançado. Há pouco mais de mês, contudo, o general havia se pronunciando em concordância com a narrativa presidencial de que é preciso acabar com o isolamento social. Hoje, publicou nota sobre a entrevista concedida por Regina Duarte.

Continuar lendo Com quase 10 mil mortos por covid-19, Bolsonaro agenda churrasco
09.03.2020 - Brasília/DF - O presidente da República em exercício, Hamilton Mourão, fala à imprensa. Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil
14 de maio de 2020 | Por Marlos Ápyus

Dilma Rousseff começou a cair quando o vice se deu a escrever carta

Em mais uma derrota para as narrativas presidenciais, o ex-superintendente Carlos Henrique Oliveira garantiu que a segurança da família Bolsonaro não é feita pela Polícia Federal, mas pelo Gabinete de Segurança Institucional, aquele chefiado por Augusto Heleno. Noutra derrota, um segundo inquérito concluiu que Adélio Bispo agiu sozinho quando, em 2018, esfaqueou Jair Bolsonaro. Numa terceira, os diálogos por WhatsApp deixam cristalino que a deputada federal Carla Zambelli intercedia junto a Sergio Moro em nome do Palácio do Planalto. Numa quarta, somaram 19 familiares do presidente da República sob investigação no Rio de Janeiro.

Continuar lendo Dilma Rousseff começou a cair quando o vice se deu a escrever carta
27.11.2018 - Brasília/DF - Jair Bolsonaro e Flávio Bolsonaro durante entrevista à imprensa, no CCBB. Foto: Wilson Dias/Agência Brasil
18 de maio de 2020 | Por Marlos Ápyus

O que PF e MPF fizeram na eleição passada

A fim de evitar a exploração eleitoral dos interrogatórios, seja qual for a perspectiva, reputo oportuno redesignar as audiências”. Com essas palavras, em 15 de agosto de 2018, Sergio Moro adiou para novembro daquele ano o depoimento que Lula, na condição bizarra de presidiário presidenciável, daria à Lava Jato. A operação, segundo um dos integrantes que a chefiava, via em Jair Bolsonaro um mal menor. Faltando cinco dias para a votação do primeiro turno, contudo, o mesmo juiz federal derrubou o sigilo da delação premiada de Antonio Palocci, uma colaboração excepcionalmente acordada com a própria Polícia Federal.

Continuar lendo O que PF e MPF fizeram na eleição passada
27.11/2018 - Brasília/DF - Jair Bolsonaro concede entrevista à imprensa, no CCBB. Foto: Wilson Dias/Agência Brasil
21 de maio de 2020 | Por Marlos Ápyus

O delegado que vazou a Furna da Onça aos Bolsonaros é conhecido na PF por um apelido

Mesmo com a Organização Mundial de Saúde reforçando que não foi comprovada a eficácia da cloroquina no combate à covid-19, o Ministério da Saúde trabalha para aumentar os estoques do medicamento. O Governo Federal quer comprimidos suficientes para 375 mil tratamentos, cem mil a mais do que o total de casos confirmados no Brasil desde o início da pandemia.

Continuar lendo O delegado que vazou a Furna da Onça aos Bolsonaros é conhecido na PF por um apelido
24.06.2019 - Brasília/DF - Presidente da República, Jair Bolsonaro em reunião com Wilson Witzel, Governador do Estado do Rio de Janeiro; Senador Flávio Bolsonaro (PSL/RJ); Chase Carey, Diretor Executivo da Fórmula 1; e José Antonio Pereira Junior, Presidente da Rio Motorsports. Foto: Carolina Antunes/PR
26 de maio de 2020 | Por Marlos Ápyus

Jair Bolsonaro não vai se tornar democrata aos 65 anos de idade

A tarde já virava noite quando, ontem, Jair Bolsonaro soltou uma nota num tom sóbrio ainda desconhecido da parte do presidente da República. Nos sete tópicos, garantias democráticas que não precisariam ser dadas por um verdadeiro democrata. A jogada é manjada: após a arbitrariedade, vem um leve recuo que apenas serve de impulso à arbitrariedade seguinte. Mesmo assim, o texto dividiu o noticiário com manchetes nas quais os membros do STF abdicavam de processar Abraham Weintraub pela fala golpista da reunião ministerial de 22 de abril, e Celso de Mello arquivava a notícia-crime pelo uso não consentido da assinatura de Sergio Moro quando da exoneração de Maurício Valeixo do comando da Polícia Federal.

Continuar lendo Jair Bolsonaro não vai se tornar democrata aos 65 anos de idade